Pensamento crítico

Arte Ruim: Uma História com Tio Virso

Inúmeras mentes se dedicaram a entender o que é uma obra de arte complexa, boa, bela ou sublime. O propósito deste curso, todavia, é entender o que constitui uma obra de arte malfeita, irrelevante, desnecessária ou simplesmente muito ruim.
Formato

Online em direto
(ao vivo)

Data de início

12 de março

Duração

4 semanas
4 aulas
8 h/aulas

Opções de pagamento

Pix
Boleto bancário
Cartão de crédito

Investimento

[BR] R$280
[PT]  €45

Horários

sábados
[BR] 15h às 17h
[PT]  18h às 20h

Para pagamentos via Pix ou boleto, envie um email para contato@f508.art

Este curso integra o projeto Passaporte Cultural, no qual, ao pagar uma mensalidade de R$160/€31, como Netflix ou Spotify, você tem acesso a todo o cronograma de cursos do Espaço f/508 de Cultura. Inscrições abertas para o ciclo 3, com início em Janeiro de 2022.  

Assista as gravações aqui!

Programa 

  • [Aula 1] 

    Arte boa, arte ruim e como elas se definem de forma complementar e inevitável


  • [Aula 2] 

    Arte malfeita:
    uma questão de técnica



  • [Aula 3] 

    Irrelevante/desnecessária: arte que não agrega nada ou que agrega más ideias
  • [Aula 4] 

    O que nós gostamos, o que eles gostam: arte como dispositivo de segregação social

Imagens meramente ilustrativas 

Inclui certificado

Todas as formações do f/508 incluem certificação mediante participação nas aulas

Acesso às gravações

Todas as aulas online do f/508 são gravadas e fornecidas para que o aluno possa revisitá-las

Público alvo

Educadores, curiosos, interessados em crítica e história da arte

Pré-requisitos

Nenhum

Tio Virso

Bocó, mas Dr.
Bio
Vilson Gonçalves, divulgador científico e administrador da página História da Arte com o Tio Virso, é graduado em Licenciatura em Artes Visuais pela UEPG e doutor em Comunicação e Linguagens pela UTP. Desde 2008 trabalha como arte-educador na educação básica e no ensino superior, dedicando-se desde 2019 à democratização do conhecimento científico em história da arte nas redes sociais.
Created with