Pensamento crítico

[03.04] O Vestido do Escritor: a relação entre a Literatura e a Moda

O curso O Vestido do Escritor: a relação entre a Literatura e a Moda estabelece o diálogo transdisciplinar entre a filosofia, a história, a história da moda e a literatura, partindo do universo ficcional como ponto de apoio para a compreensão como dois conceitos - literatura e Moda - abrem a possibilidade de criação para escritores ou criadores de imagens.

Neste sentido, a atividade propõe como diferencial a discussão sobre a importância da Moda no contexto da Modernidade e do modernismo dos séculos XIX e XX pela análise das literaturas produzidas pelos escritores franceses, ingleses e brasileiros, e que utilizaram a Moda em suas escritas pelos conceitos de “psicologização das roupas”, “memória da vestimenta”, “roupa como protagonista”, a “Moda como figuração do tempo histórico”, e “caligrafia dos gestos”.
Formato

Online
e ao vivo
(em direto)

Data de início

03 de abril

Duração

4 semanas
4 aulas
8 h/aulas

Opções de pagamento

Pix
Boleto bancário
Cartão de crédito 

Investimento

[BR] R$380
[PT] €64

Horários

segundas-feiras 
[BR] 19h às 21h
[PT] 22h às 00h

Para pagamentos via Pix ou boleto, envie um email para contato@f508.art

Para resgatar essa relação entre o pontilhado da agulha no tecido e da tinta da caneta no papel, Brunno Almeida Maia, pesquisador em filosofia e Teoria de Moda pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), passeia por um “guarda roupas” de escritores, filósofos e pensadores, que propuseram a relação entre a Moda e a literatura, como Marcel Proust, Virginia Woolf, Honoré de Balzac, Émile Zola, Charles Baudelaire, José de Alencar, Gustave Flaubert, Marina Colasanti, Machado de Assis, Gilda de Mello e Souza, Roland Barthes, entre outros.

Inclui certificado

Todas as formações do f/508 incluem certificação mediante participação nas aulas

Acesso às gravações

Todas as aulas online do f/508 são gravadas e fornecidas para que o aluno possa revisitá-las

Público alvo

Interessados, estudantes, pesquisadores e profissionais de moda, artes em geral, literatura e ciências humanas.

Pré-requisitos

Nenhum

Brunno Almeida Maia

Bio
Pesquisador em Filosofia e teoria de Moda pela UNIFESP, é coordenador pedagógico e professor convidado do IED (Istituto Europeo di Design), de São Paulo, da Escola de Comunicação e Arte (ECA) da Universidade de São Paulo (USP), do SENAC Lapa, da FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado) e do Centro Universitário Belas Artes. Já ministrou aulas sobre a relação entre a moda, a filosofia, a arte e a literatura em espaços como MAM (Museu de Arte Moderna) de São Paulo, Casa Museu Ema Klabin, Adelina Instituto, Oficinas Culturais Oswald de Andrade, Oficina Cultural Casa Mário de Andrade, Sesc Consolação, Sesc Pompéia, Sesc Ipiranga, CPF – Centro de Pesquisa e Formação do Sesc, Sesc Jundiaí, Sesc 24 de maio, Sesc Belenzinho, Casa da Palavra Mário Quintana, em Santo André (SP), Oficina Cultural Hilda Hilst, em Campinas (SP), Galera AMDO, em Belo Horizonte (MG), Biblioteca Mário de Andrade, Fábricas de Cultura, Biblioteca Pública Pedro Nava, Escola São Paulo. É autor do livro “O Teatro de Brunno Almeida Maia” (Editora Giostri, 2014). Também assina capítulo sobre a relação entre a literatura e a moda no romance Lucíola (1862) de José de Alencar no livro “Moda Vestimenta Corpo” (Editora Estação das Letras e Cores, 2015), e é um dos autores da antologia “São Paulo em Palavras” (Editora Aquarela Brasileira, 2017). Foi facilitador pedagógico do módulo I de formação em Cidadania e Direitos Humanos do Programa “Transcidadania”, uma iniciativa da Prefeitura Municipal de São Paulo, com a CADS (Coordenadoria de Assuntos de Diversidade Sexual) e Centro de Cidadania LGBT SP. Atualmente trabalha em seu próximo livro “Tempos de exceção: ensaios sobre o contemporâneo” (Editora Cosmos, no prelo).
Created with